Mickey, Donald, Pateta, Cloud, Squall, Aeris. O que estes personagens têm em comum. Tecnicamente nada, porém no universo de Kingdom Hearts tudo pode acontecer – inclusive unir os personagens da Disney com os astros da série Final Fantasy. A série surgiu no PlayStation 2 e fez uma passagem pelo GBA. Agora, o quarto título da série, 358/2 Days (pronuncia-se como Three Five Eight Days Over Two) volta a um portátil da Nintendo, sendo que a bola da vez é o DS. Porém o jogo será bem mais tradicional do que você imagina, fazendo poucos usos dos recursos exclusivos da plataforma – a tela sensível ao toque, por exemplo, poderá ser ignorada do início ao fim. Mas o que fará deste jogo algo inesquecível não é o fato dele ser revolucionário. Mas sim explicar o crescimento de um personagem tão importante para a saga e os bastidores da Organização XIII.

A história de 358/2 Days contará como é que Roxa, a versão Nobody de Sora, se une à Organização XIII e mostrará a sua busca por corações para criar o Reino dos Corações. Com isso, Roxas e todos os outros membros da Organização XIII conseguirão voltar a ser completos, a ter sentimentos e se sentir mais humanos. Pode parecer bem confuso para quem nunca jogou as versões anteriores, porém, os eventos importantes serão explicados ao longo do game para que ninguém fique boiando.

Na linha do tempo da série, este jogo mostra o que aconteceu entre o primeiro KH e o segundo, incluindo o tempo que se passa Chains of Memories, o jogo que foi a ponte entre os dois jogos. A história até parece simples, mas de fato para entender tudo o que se passa na trama é extremamente necessário jogar os títulos anteriores, até mesmo para entender os termos “nobody”, “heartless” entre outros.

Para esta busca, Roxas terá ir para os diversos mundos para destruir os heartless e fazer pesquisas e coleta de informações em alguns locais conhecidos pelos fãs da série, como Agrabah (o mundo de Alladin), Wonderland (Alice no País das Maravilhas), Olympus Closeaum (Hércules), Neverland (Peter Pan), e outros mundos dos desenhos animados da Disney. Os fãs de Final Fantasy também não foram esquecidos e Twilight Town trará seus habitantes mais conhecidos, como Squall, Yuffie e Tira.

Roxas é o personagem que vai ficar sob seu comando e o computador vai se encarregar de fazer as ações do companheiro dele, ou seja, igualzinho ao o que acontece em KH II, porém o clone sem sentimentos de Sora pode fazer muitas coisas por si só, como soltar magias e ataques especiais. Para ajudá-lo nesta aventura, os membros da Organização XIII farão o papel de Donald e Pateta. Entre os parceiros estão Axel, DiZ, o Rei Mickey, Riku vão usar suas habilidades únicas para ajuda-lo a completar sua missão.

O jogador terá que se preparar para a batalha de uma forma bem mais complexa do que equipar uma Keyblade e partir para o pau. Roxas contará com um sistema chamado Panel, no qual o jogador poderá escolher quais habilidades ele poderá usar. Para isso será necessário encontrar estas habilidades nos mapas ou comprá-las em lojas. Depois de adquiridas, estas habilidades terão que equipadas e encaixadas em um painel dentro do menu principal do jogo. Isso vai determinar quais são as magias, ataques, armas e defesas que Roxas estará pronto para usar nas batalhas.

Esse desenvolvimento do personagem será vital para que todas as partes do jogo sejam transponidas com facilidade. Mas se mesmo assim estiver difícil, o jogador poderá pedir ajuda para os seus amigos na vida real e participar de uma partida multiplayer. Nesse caso até quatro pessoas poderão se reunir e cooperar para completar missões fora do enredo da história solo e levar os itens coletados para serem usados por Roxas. 358/2 Days também terá um modo competitivo que inclui diversos tipos de modalidades, como uma batalha simples ou até completar algumas tarefas para se sair vitorioso.

Lançado no início deste ano, 358/2 Days recebeu ótimas críticas, incluindo da famosa revista Famitsu que atestou que este é um dos jogos mais bonitos já visto nas telas do DS. E não deve ser mentira, pois todas as imagens que foram divulgadas até agora mostra um número de detalhes que, teoricamente, é impossível de ser visto no portátil. Deve ser por causa da magia que envolve este universo, afinal tanto o mundo encantado de Disney quanto o mágico mundo de Final Fantasy têm vocação para fazer fãs. No final de setembro será a vez dos donos do DS descobrirem a fórmula deste feitiço.

consoles

Postado Por: Edersonbs😀

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s